08 janeiro 2007

Ford Escort MKII - H. Mikkola - A. Hertz (Rali de Portugal de 1979)

Esta miniatura é da marca Troféu.
O anterior Ford Escort MkI manteve-se em produção até 1974, posteriormente foi substituído pelo Escort MkII que hoje apresento. Esta miniatura é a versão do Ford Escort MkII, conduzido pelo finlandês Hannu Mikkola, que venceu o Rali de Portugal de 1979.
Foi com o Ford Escort MkII que o sueco Bjorn Waldegaard venceu o primeiro Campeonato do Mundo de Pilotos em 1979 e ao mesmo tempo a Ford obtinha também o seu primeiro título de Campeã do Mundial de Marcas. O seu segundo título só seria alcançado no ano 2006.
O Ford Escort MkII venceu inúmeros ralis tanto a nível mundial como nos campeonatos nacionais. Foram bastantes os pilotos de prestígio que conduzirem este modelo da Ford: Hannu Mikkola, Ari Vatanen, Bjorn Waldegaard, Roger Clark, Timo Salonen...
O Ford Escort MkII venceu logo no primeiro rali em que participou: com o finlandês Timo Salonen.
Para a temporada de 1979 as novidades eram a criação do Campeonato do Mundo de Pilotos e o facto do Grupo Fiat, após vários títulos, ter decidido reduzir a sua participação nos ralis. Assim, a Ford ficava sozinha na luta pelos dois títulos. Efectivamente, a Ford viria a vencer o título de marcas e a luta pelo título de pilotos ficou entregue a Hannu Mikkola (finlandês) e a Bjorn Waldegaard (sueco), dois pilotos da Ford, sendo este último quem levou a melhor e venceu o campeonato de pilotos com mais 1 ponto que o finlandês.
O campeonato começou, no entanto, com uma vitória de B. Darniche (francês) com um Lancia Stratos no Rali de Monte Carlo. B. Waldegaard (Ford) foi segundo classificado. No Rali da Suécia, Stig Blomqvist (sueco) impôs o seu Saab à concorrência e venceu a prova helvética. Waldeggard repetiu a classificação do Monte Carlo. No Rali de Portugal, a Ford estreia-se a vencer no campeonato, através de Hannu Mikkola. Waldegaard, pela terceira vez, obtêm o segundo lugar. No Safari, a vitória foi para S. Metha e a Datsun. Mikkola fica em segundo lugar ao volante de um Mercedes 450 SLC.
No Rali da Acropole, Waldegaard (Ford) vence pela primeira vez nesse ano. No Rali da Nova Zelândia, a Ford ocupa os três primeiros lugares com destaque para Mikkola. A Fiat vence o Rali dos Mil Lagos, com Markku Alén (finlandês) em primeiro, Ari Vatanen (Ford) em segundo e Waldegaard (Ford) em terceiro. No Rali Critérium do Quebeque (Canadá), Waldegaard (Ford) alcança a sua segunda vitória do ano. Os dois ralis seguintes são vencidos pela Lancia, no Rali San Remo vence Tony Fassina (italiano) e na Volta à Córsega vence B. Darniche (francês). Os dois últimos ralis do campeonato tiveram o mesmo vencedor, Hannu Mikkola venceu o Rali RAC com o Ford Escort MkII e no Rali Costa do Marfim utilizou o Mercedes 450 SLC. Aqui a Mercedes ocupou o pódio. Waldegaard ficou em segundo lugar e venceu assim o campeonato de pilotos com mais um ponto que Mikkola. A Ford venceu o campeonato de marcas com 122 pontos (5 vitórias) e a Datsun ficou em segundo lugar com 108 pontos (1 vitória).

2 comentários:

PGAV disse...

Caro José

Espero que se encontre de boa saúde!

Esqueci de publicar as fotos de mais uma aquisição que fiz durante esta época festiva!

Já está publicada!

Esepro que goste e claro que me visite!

O seu Triumph TR7 está brutal! Já andei à procura de um mas versão estrada, mas, com total insucesso, pois não o encontrei...mas, ainda não desisti.

Abraço

Pedro

PGAV disse...

Caro José, obrigado pela visita.

O modelo que me esqueci de por no meu site era de facto o Mercedes CL de 2006!

Eu também estaria desgraçado se me desse para coleccionar, para além destes meus modelos, os carros de corrida que também ficaram na história do mundo automóvel!
Haveria de ser lindo...

Por isso tenho de me limitar apenas aos modelos de estrada modernos e também mais antigos, e aos clássicos.

Faço como o José mas ao contrário, o José aprecia os carros modernos no meu site e eu os caros de corrida no seu.

Fascínios à parte, o coleccionismo automóvel em comum.
:)

Abraço,

Pedro