26 fevereiro 2007

Citroen 2CV (1957)

Esta miniatura pertence à colecção Os Nossos Queridos Carros.
A história do Citroen 2CV remonta ao ano de 1935 quando o director da Citroen, Pierre Boulanger, mandou efectuar uma pesquisa nacional para saber quais eram as preferências do mercado no que diz respeito aos automóveis. Essa pesquisa definiu quais as características principais que um automóvel deveria ter: simples, forte, austero, seguro, económico e de baixa manutenção. E foi com base nessa pesquisa que a Citroen começou a desenvolver um projecto que visava a construção de um carro que representasse as referidas características, o projecto «Tout Petit Voiture (TPV)». Desde 1937 foi-se construindo uma série de protótipos, até que em 1939 ficou aprovado um desses protótipos. Tinha um motor de 375 cc refrigerado a água, 4 velocidades, um único farol, chassis e carroçaria em duralumínio e tejadilho em lona, tudo devido ao baixo custo dos materiais.
Entretanto inicia a Segunda Guerra Mundial, com receio que os alemães descobrissem o carro, as 250 unidades que já tinham sido construídas, são destruídas excepto 5 unidades. Quando terminou a guerra, a dificuldade no abastecimento de algumas matérias-primas e o encarecimento de outras impediu a utilização do duralumínio. Assim a produção só teve início em 1948 tendo sido entregues 924 unidades nesse ano. O carro teve um tal êxito que a espera pela entrega do novo Citroen chegou a ser de 18 meses.
A Citroen foi construindo fábricas em vários países europeus para fazer face ao longo prazo de espera para as entregas. Assim na fábrica da Bélgica já se produzia o Citroen 2CV desde 1952. Em Espanha, na fábrica de Vigo, que actualmente ainda existe, começou a produzir o 2CV em 1958. Na Grã-Bretanha também se produzia o 2CV nas fábricas de Suresnes e de Slough. E um pouco por todo o mundo se foi produzindo o 2CV. Argentina, Chile, Paraguai, Irão, Jugoslávia, Indonésia, Camarões, Madagáscar, Filipinas e Vietname, foram outros países onde se produziu o 2CV. Em Portugal, foi em meados da década de 60 que, em Mangualde, se começou a produzir o Citroen 2CV. Esta fábrica sempre esteve ligada à de Vigo, em Espanha, já que era desta que vinham as peças dos 2CV que eram montados em Mangualde. Isto acontecia porque foi o meio encontrado para colocar o Citroen 2CV à venda sem as restrições e taxas de importação. As séries do Citroen 2CV foram-se sucedendo ao longo dos anos, até que em 1988 a fábrica de Mangualde era a única no Mundo que mantinha a produção dos 2CV. Em Julho de 1990 saiu da fábrica de Mangualde o último Citroen 2CV.
Estima-se que foram construídos mais de 4 milhões unidades ao longo dos mais de quarenta anos que esteve no mercado. Como é lógico num carro que esteve tanto tempo no mercado, as suas versões foram-se sucedendo, inicialmente, com motores de maior cilindrada e potência ou outras melhorias a nível mecânico ou ainda a melhoria dos interiores, bem como as furgonetas derivadas do 2CV. Houve também séries especiais do Citroen 2CV, como por exemplo, a série Charleston de aspecto retro ou a série Marcotello, produzida em Mangualde, na qual o 2CV era pintado como um ténis e tendo sido produzidos cerca de 300 unidades.
Muito mais haveria a contar sobre o 2CV, como a volta ao mundo num Citroen 2CV ou a travessia dos continentes africano e americano. Ou ainda a odisseia duma família francesa que vivia no Vietname e que regressou a França, atravessando a Ásia, Médio Oriente e Europa num Citroen 2CV. E a nível desportivo, faltou falar no campeonato promocional de Pop Cross no qual participavam os 2CV ou ainda na participação nos raids africanos de Todo Terreno. Fenomenal!
O Citroen 2CV aqui apresentado, em miniatura à escala de 1:43, é do ano de 1957.

7 comentários:

PGAV disse...

Caro José,

Grande 2 CV. Está muito bom esse Citroen. Eu tive um encomendado acho que da vitesse mas esgotou e não consegui compra-lo. e um veiculo espectacular.

Caro José ainda não foi desta que pus pelo menos as minhas 2 novidades.

Mas espero ainda coloca-las no blog esta semana.

Abraço,

Pedro

PGAV disse...

Caro José,

Hoje resolvi abusar um pouco das horas...

Publiquei duas das minhas novidades, a outra que lá está, tenho esquecido de a publicar. Ainda me falta uma mas ainda não a fui buscar pois tenho de me deslocar a Lisboa...

As 2 primeiras são as novidades, a terceira não. De certo que vai gostar da segunda... Espero uma visita sua em breve.

Abraço e Obrigado.

Pedro

PGAV disse...

Caro José,

Já sei que gostou das minhas novidades! O ISO GRIFO é magnifico. Está Soberbo!

Sim, vi o seu link para a feira de miniaturas. Muito bom, mas, ainda quero explorar melhor.

Assim que tiver mais novidades avisarei.

Abraço,

Pedro

Fleetmaster disse...

Este carro é um clássico !!!!

José António disse...

Caro Fleetmaster, é um clássico e foi fabricado na "minha" cidade. A fábrica da Citroen em Mangualde foi a última a fabricar estes maravilhosos 2CV.
Abraço

Clã do 2cv disse...

Caro José,
um 2cv em grande estilo!

Cumprimentos, João Ferreira

Gaucho Man disse...

soy citronero,
mi primer auto fue un citroen,
luego he tenido otros autos,
más potentes veloces cómodos y seguros,
pero nunca olvido mi simpático autito.
"la felicidad tiene cara de citroen"