10 outubro 2006

McLaren M7C - Bruce McLaren (1969)


Esta miniatura pertence à colecção Grand Prix Mitos da Formula 1.
O McLaren M7C era praticamente idêntico ao M7A de 1968, que deu à McLaren a sua primeira vitória na Formula 1. A McLaren na época estava envolvida em vários projectos: Formula 1, CanAm – Canadian American Challenge com motores de 7 e 8 litros (a McLaren dominou nesses anos a CanAm e lucrou com isso), F-5000 - monolugares com motores de 5 litros e desenvolvia um monolugar de 4 rodas motrizes para a Formula 1. O McLaren M7A de 1968 foi posteriormente transformado para a F-5000 ao instalar-se um motor Chevrolete V8 de 5 litros passando a designar-se M10A. Quando chegou a época de 1969 resolveram cortar o corpo traseiro do M10A e instalar o motor Ford-Cosworth, assim nascia o M7C aqui apresentado. Apenas foi construído um M7C para Bruce McLaren (neozelandês) porque Denny Hulme (neozelandês) decidiu utilizar o M7A de 1968. Uma das características do M7C eram os depósitos laterais, que podiam ser utilizados ou não, como também podiam ser utilizados só num dos lados, no esquerdo ou no direito. Segundo se sabe Bruce McLaren tinha teorias muito próprias e curiosas.
O campeonato de 1969 foi dominado, quase completamente, pelo escocês Jackie Stewart (Matra): venceu seis vezes em onze possíveis. Conquistou o título a três provas do fim do campeonato. Desta maneira, o ano de 1969, na Formula 1, não foi muito significativo para Bruce McLaren, que no entanto conseguiu terminar o campeonato na terceira posição. Apenas conseguiu um segundo lugar no GP da Espanha e dois terceiros lugares nos GP da Grã-Bretanha e Alemanha, mais dois quartos e três quintos lugares. No entanto o seu colega de equipa, Denny Hulme, utilizando o McLaren M7A logrou vencer no último GP do ano, no México. Terminou o campeonato na sexta posição. A McLaren ficou no quarto lugar no campeonato de construtores.

O McLaren M7C em 1969 apenas foi utilizado por Bruce McLaren
Vitórias: 0
Pole-position: 0
Melhor volta : 0

2 comentários:

PGAV disse...

Caro José,

A sua página também já consta como Link no meu blog.

Obrigado pela atenção.

Sempre que necessitar de ajuda, é só contactar.

Abraço,

Pedro Vieira

PGAV disse...

Caro José,

Penso que comenti um engano.

Disse-lhe que o Lamborghini Miura era da Colecção "os nosso queridos carros - anos 80", mas, afinal é sa colecção "Dream Cars"

Apesar de ambas seram da Altaya, têm temas diferentes.

São tantas colecções que andam por aí, que me enganei.

Desculpe, este equivoco.

Grande Abraço,

Pedro Viiera