11 novembro 2006

Alpine-Renault A110 - J.C. Andruet - "Biche" (Rali de Monte Carlo de 1973)

Esta miniatura pertence à colecção 100 Anos de Desporto Automóvel.
O Alpine-Renault A110 é, na minha opinião, um dos mais belos carros de ralis tendo sido dos primeiros carros a ser concebido a pensar na competição automobilística. A Alpine era uma empresa privada que se dedicava a alterar, com sucesso, alguns modelos da Renault para as competições. Em 1962 deu-se a associação definitiva entre a Alpine e a Renault. Esta associação durou mais de três décadas. O primeiro modelo que saiu da associação entre a Renault e a Alpine foi precisamente o Alpine Renault A110 com 956cc e 51 cv de potência. Desde o seu lançamento, em 1962 e ao longo dos anos que esteve em produção houve algumas evoluções mas as melhorias mais significativas deram-se ao nível da potência. Em 1974, o Alpine-Renault A110 tinha 1800cc e 180cv de potência. O Alpine-Renault A110 foi conduzido ao longo dos anos por pilotos de elevada qualidade, tais como, Jean-Claude Andruet, Jean-Luc Thérier, Ove Andersson, Jean-Pierre Nicolas e Bernard Darniche, entre outros. O Alpine-Renault obteve várias vitórias: em 1970 J.-L.Thérie venceu os ralis de San Remo e da Acrópolis, a Alpine-Renault termina o campeonato em segundo lugar com 26 pontos atrás da Porsche que é campeã com 28 pontos; em 1971 é campeã com 36 pontos, vencendo quatro ralis, sempre com O. Andersson: Monte Carlo, San Remo, os Alpes Austríacos e Acrópolis; o ano de 1972 é negro para a Alpine-Renault que fica em 17º lugar apenas com 7 pontos.

A temporada de 1973 foi a primeira do Campeonato do Mundo de Ralis para marcas. Para o efeito foram incluídos mais ralis: Portugal, Polónia, Finlândia e Córsega. O campeonato de 1973 foi disputado ao longo de 13 ralis. No entanto apenas uma equipa, a Alpine-Renault, manifestou a intenção de participar em todas as provas, talvez para tentar “apagar” o mau ano de 1972. As outras marcas resolveram participar apenas nos ralis que mais convinham aos seus modelos. Assim não é de estranhar que a Alpine-Renault tenha conquistado o campeonato de 1973 perante os reduzidos programas das outras equipas. No final do campeonato, a Alpine-Renault sagrou-se, merecidamente, campeã com 147 pontos (6 vitórias) à frente da Fiat com 84 pontos (1 vitória). As restantes vitórias ficaram assim distribuídas: 2 vitórias para a Ford; a Saab, a Datsun, a BMW e a Toyota venceram, cada uma, um rali.
A miniatura do Alpine-Renault A110 que apresento é do Rali de Monte Carlo de 1973 com o qual Jean-Claude Andruet (francês) venceu o primeiro rali do primeiro Campeonato do Mundo de Ralis.

Para o Rali de Monte Carlo de 1973, a Alpine-Renault preparou uma equipa quase imbatível, de tal maneira que a vitória foi decidida entre os pilotos da Alpine-Reanult, dos seis primeiros classificados 5 eram Alpine-Renault apenas o quarto classificado era um Ford Escort. A Alpine-Renault venceria ainda o Rali de Portugal (J.-L. Thérier), o Rali de Marrocos (B. Darniche), o Rali Acrópolis (J.-L. Thérier), o Rali de San Remo (J.-L. Thérier) e a Volta à Córsega (J.-P. Nicolas). Se nesse ano já existisse o campeonato mundial para pilotos, o vencedor teria sido J.-L. Thérier.
Jean-Claude Andruet (francês) começou a sua carreira na década de 60 e ainda vai participando em algumas provas. Venceu vários ralis ao longo da sua carreira: Volta à Córsega (1968, 1972 e 1975), Rali de Monte Carlo (1973) e o Rali de San Remo (1977). Foi campeão francês de ralis com o Alpine-Renault A 110 em 1968 e 1970 e campeão europeu de ralis de 1970 também com o Alpine-Renault A110. Ao longo da sua carreira guiou para várias equipas: Alpine-Renault, Alfa Romeo, Lancia, Fiat, Ferrari e Citroen.

3 comentários:

PGAV disse...

Caro José,

Excelente miniatura esse Renault.

Tenho novidades no meu blog. E também no link "os meus carros clássicos"

Aguardo uma visita sua.

Abraço.

Pedro

sattelite disse...

Excelente réplica desse magnifico carro. Por vezes consigo ver alguns clássicos na tv, deveria ser espectacular assistir ao vivo...

José António disse...

Desculpem mas estive uns dias ausente.

Só agora reparo que não coloquei o título nesta miniatura. Vou corrigir esta falta.

Sattelite, há sempre a possibilidade de ver alguns destes clássicos em algumas das provas nacionais para carros classicos.

Obrigado pelas visitas
José