19 novembro 2011

Lancia Stratos - S. Munari - S. Maiga (Rali de Monte Carlo de 1976)

Esta miniatura pertence à colecção Rallye Monte-Carlo - Os Carros Míticos – Fasc. nº 70.
Como quase todos nós, senão todos, sabemos que o lendário Lancia Stratos desempenhou um papel importante na história do mundial de ralis. Logo torna-se incontornável falar neste excelente carro dos ralis e aqui no 4Rodinhas já foram apresentadas várias miniaturas do Stratos. Esta é mais uma: a miniatura do Lancia Stratos de Sandro Munari, vencedor do Rali de Monte Carlo de 1976.
Apresentado na primeira metade da década de setenta, o Lancia Stratos venceu vários ralis, entre 1974 a 1981, conquistando 3 títulos de marcas (1974, 1975 e 1976). Ao todo venceu 17 provas do Campeonato do Mundo de Ralis: entre os anos de 1974 a 1981, quase todos os anos venceu ralis, com excepção de 1980 ano em que não venceu nenhum rali. É impressionante, são 7 anos consecutivos a vencer pelo menos um rali por ano. E se acrescentar que a partir de 1976 deixou de ser o carro oficial da equipa do Grupo Fiat e que ainda assim venceu ralis ao serviço de equipas privadas podemos afirmar que é desta forma que nascem os mitos.
Sandro Munari, piloto italiano de ralis, foi aquele que melhor se adaptou ao Lancia Stratos, vencendo 7 ralis com o Stratos. As restantes vitórias foram alcançadas pelos seguintes pilotos: Bjorn Waldegaard (sueco) e Bernard Darniche (francês) venceram 3 ralis cada um e Jean-Claude Andruet (francês), Markku Alén (finlandês) e Tony Fassina (italiano) venceram 1 rali cada um.
Concebido com o objectivo único de competir nos ralis, numa época em que os automóveis de ralis eram versões de modelos de turismo, o Lancia Stratos partiu da base do protótipo Stratos de Nuccio Bertone apresentado no Salão de Turim de 1970. Depois de Cesare Fiorio conseguir a autorização dos responsáveis para construir o Lancia Stratos, e conseguida a homologação, a estreia em competição aconteceu na Volta à Córsega de 1972.
O Lancia Stratos dispunha de um motor Ferrari V6 de 2,4 litros, com carburadores Weber de duplo corpo, que debitava 240 cv de potência. Posteriormente, com a injecção mecânica Kugelfischer permitia ao motor atingir a potência de 260 cv. Nestas duas versões, o motor tinha duas válvulas por cilindro mas numa evolução seguinte o motor passou a ter uma cabeça de quatro válvulas por cilindro, que em 1976 permitia atingir a potência de 275 cv. Houve no entanto outras evoluções nos anos seguintes que permitiram que o Stratos atingisse os 290 cv às 8000 rpm, sendo que em alguns
 modelos chegou mesmo a ultrapassar o 300 cv de potência.
O Rali de Monte Carlo de 1976 foi a 44ª edição, disputada entre 17/01/1976 a 24/01/1976, ao longo de 4.500 km dos quais 530 km eram cronometrados. A lista de inscritos atingiu os 148 participantes dos quais apenas 48 terminariam a mítica prova monegasca. Sandro Munari, vencedor do ano anterior, partia como o grande favorito à vitória e não deixaria de honrar esse favoritismo ao chegar no final como o grande vencedor de mais uma edição do Monte Carlo. O ano seguinte seria mais uma vez palco da consagração do Lancia Stratos e de Sandro Munari visto que seria a terceira vitória consecutiva desta dupla transalpina. O Lancia Stratos voltaria a vencer uma vez mais o Monte Carlo em 1979 mas desta vez com Bernard Darniche ao volante do lendário modelo da Lancia.

Os outros Lancia Stratos da minha colecção:

O Lancia Stratos de J.-C. Andruet 1º
classificado na Volta à Córsega de 1974.

O Lancia Stratos de B. Waldegaard
na vitória do Rali de Sanremo de 1975.

O Lancia Stratos de S. Munari na vitória
do Rali de Monte Carlo de 1977.
  
O Lancia Stratos de M. Alén 1º classificado
no Rali de Sanremo de 1978.

9 comentários:

Juanh disse...

Hermoso Stratos José, para mi gusto el auto de rally más bello de la hstoria.
Tengo dos Stratos de Ixo-Altaya, el "Alitalia" de 1977 ("100 años") y el "Pirelli" de 1978 ("Rally Collecton"); ambos preciosos, a pesar de su precio económico.
Abrazos!

José António disse...

Olá, Juanh!
Eheheh!!!... parece que fizemos as mesmas colecções.
Abraço

CaboReyes disse...

José Antonio! que nos tenías olvidados! mucho tiempo sin novedades! un alegría volver a leerte y verte con éste Lancia!

Tohmé disse...

Concordo com o Juanh. O mais belo. Parabéns pelas minis.

manuel disse...

Uno de mis favoritos. Lo ganaron todo cuando comenzó el Mundial de Rallyes.

Domingos disse...

José António
Bom dia, é sem dúvida dos mais bonitos carros de ralis de sempre e o som do motor Ferrari era uma maravilha, lembro-me de os ver nos troços de Sintra, foram momentos que não me esquecerei.
Bela miniatura.
Abraço

José António disse...

CaboReyes,
É verdade, já fazia algum tempo que não colocava uma miniatura. A realidade é que já começam a faltar novas miniaturas na minha colecção.

Tohmé,
Também gosto do Stratos mas para mim o Lancia 037 é o meu eleito.

Manuel,
Tens razão, o Stratos foi imbatível durante várias épocas.

Domingos,
Estou com inveja sua, já que assistiu a este excelente carro ao vivo. Deve ser uma brutal sensação.

Grande abraço a todos e agradeço a vossa visita.
José

Tohmé disse...

Passe por lá no blog, José.

CaboReyes disse...

José Antonio quise mandarte un mail y no pude te dejo el mio: autocolecciones@gmail.com