26 setembro 2013

Renault Colorale (1951)

 
Esta miniatura pertence à colecção Táxis do Mundo - Fasc. nº 1.
De tempos a tempos aparecem na minha colecção de miniaturas algumas que "fogem" ao tema central das miniaturas que colecciono, as que dizem respeito ao desporto automóvel. A razão porque tal acontece é porque normalmente compro o primeiro fascículo da colecção uma vez que o preço de lançamento é sempre inferior ao dos restantes fascículos. E esta é uma dessas miniaturas.
O Renault Colorale, e aqui confesso a minha completa ignorância sobre este modelo da marca francesa, pertence a uma época muito próxima da II Guerra Mundial; foi apresentado em 1950 para tentar responder às necessidades dessa altura. A sua produção durou 7 anos (de 1950 até 1956) e durante esse tempo foram feitas algumas alterações, como por exemplo em 1953 com a utilização de um motor de 2 litros (1997 cc) com 58 cv de potência e com uma velocidade máxima de 105 km/h. Inicialmente o Renault Colorale vinha com um motor de 2,4 litros de cilindrada com 46 cv de potência e que muito dificilmente atingia os 100 km/h. O Renault Colorale estava disponível em versão berlina, furgão, pick-up e táxi e ainda era possível adaptar duas ou quatro rodas motrizes. Contudo o Renault Colorale ficou aquém do esperado.
A miniatura representa o Renault Colorale em versão de táxi português de 1951.
Partindo da base da berlina de quatro portas e seis janelas laterais chamada Prairie, a versão táxi dispunha de sete lugares: o do condutor e mais seis na parte de trás. Estes lugares repartiam-se entre o banco corrido posterior e outros três pequenos bancos dobráveis situados numa divisória que separava o lugar de condução do habitáculo traseiro. Estes três lugares extra, apesar de bastante incómodos, possibilitavam a deslocação de grupos de entre três e seis pessoas num único veículo. Outras das modificações desta variante era o porta-bagagem, dividido em dois espaços: o traseiro, com acesso por uma porta que se abria em dois na horizontal, e a dianteiram que ocupava o lugar do acompanhante, ao lado do condutor, de onde se tinha eliminado o banco. in fasciculo nº 1, pags. 6 e 7 da colecção Táxis do Mundo.

6 comentários:

Juanh disse...

Precioso Renault Jose, de esa gran colección de taxis del mundo.
Los colores le quedan muy bellos, y sus formas también.
Abrazos!

José António disse...

Obrigado pela visita Juanh.
Os táxis aqui em Portugal usam as cores verde e preta. Quase sempre foi assim; há uns anos atrás mudaram para a cor beje mas depois voltaram ao clássico verde e preto.
Abraço

CaboReyes disse...

Que sorpresa es encontrarlo sin un auto deportivo! Este Renault ya lo conocia de la primera colección de Taxis y es un modelo excelente, mucho difiere del anterior que era más parecido a un todo terreno de Paris - Dakar que a un taxo.

José António disse...

Olá CaboReyes.
É verdade, normalmente por aqui passam as miniaturas desportivas. Mas há por vezes lá aparece uma que não está nessa categoria, eheheh.

Abraço

MIGUEL MARTINS disse...

Let's see who gives more value to Renault Colorale:
http://www.ebay.com/itm/221878085573?ssPageName=STRK:MESELX:IT&_trksid=p3984.m1555.l2649

Luis cesar disse...

Táxi português com matrícula francesa 7368 AG 75 ????