14 março 2011

Mitsubishi Lancer WRC 05 - T. Gardemeister - J. Honkanen (Rali de Monte Carlo de 2007)


Esta miniatura pertence à colecção Rallye Monte-Carlo - Os Carros Míticos – Fasc. nº 57.
Em 2007 os tempos de glória da Mitsubishi nos ralis já tinham passado à história, o tempo era agora de retirada: de vencedores de títulos (quem não se lembra dos 4 títulos consecutivos do piloto finlandês Tommi Makinen na Mistusbishi?) até à retirada oficial sem glória em 2005… Há quem considere que a Mitsubishi levou muito tempo em se decidir pelo desenvolvimento de um carro de WRC, optando pela continuidade dos veículos do Grupo A. Essa decisão foi tomada em 1997, quando apareceu o regulamento para os WRC, mas a Mitsubishi só em 2001 optou por desenvolver o seu carro de acordo com as definições do WRC. Tarde demais tomou essa decisão que veio a comprometer todo o envolvimento da marca nos ralis. Os desenvolvimentos que foram sendo feitos ao longo dos anos no Mitsubishi Lancer WRC nunca resultaram num carro competitivo e face às crescentes dificuldades financeiras da marca resultaram num gradual e lento abandono do projecto.
A miniatura apresentada é o Mitsubishi Lancer WRC 05 da equipa MMSP (Mitsubishi Motor Sports), que já não contava com o apoio oficial da marca. O piloto é o finlandês Toni Gardemeister no Rali de Monte Carlo de 2007. O Mitsubishi Lancer dispunha de um motor de 4 cilindros em linha, de 1996 cc e com uma potência de 300 cv às 5500 rpm.
Sem apoios oficiais da Mitsubishi, a equipa de Toni Gardemeister, que utilizava um carro que já estava ultrapassado, não poderia aspirar a lutar pela vitória contudo havia a esperança de poder alcançar um resultado positivo. E de facto Toni Gardemeister, que teve pouco tempo para rodar com o Mitsubishi, chegou mesmo a lutar pela 4ª posição durante a prova monegasca. No primeiro dia Toni Gardemeister e o seu colega de equipa, Xavier Pons (espanhol), mantiveram-se nos lugares da frente, 8º e 11º respectivamente. No segundo dia, Gardemeister esteve na luta pelo 4º lugar contudo no último dia teve problemas nos travões do seu Mitsubishi e caiu para a 7ª posição final, atrás do norueguês Petter Solberg num Subaru Impreza WRC. O seu colega de equipa, Xavier Pons, terminou o Rali de Monte Carlo num distante 25º lugar. A vitória foi para Sébastien Loeb (francês) num Citroen C4 WRC que dominou o rali. In fascículo nº 57 da colecção Rallye Monte-Carlo – Os Carros Míticos.

Toni Gardemeister nasceu a 31 de Março de 1975 na Finlandia. A sua carreira nos ralis teve início no seu país tendo dado boas indicações (campeão finlandês no Grupo A em 1997 com um Nissan Sunny GTi) que o levaram até à Seat. A sua estreia no WRC aconteceu no Rali da Finlândia de 1996 ao volante de um Opel Astra GSi 16v. Em 1998 entra na Seat e faz parte da equipa que venceria o campeonato mundial de F2 com o Seat Ibiza GTi 16v. Nos dois anos seguintes mantêm-se na Seat ajudando no desenvolvimento do Córdoba WRC; em 1999 Gardemeister alcança o seu primeiro pódio na carreira (3º lugar no Rali da Nova Zelândia ao volante do Seat Córdoba WRC). No campeonato de 2001 apenas faz quatro ralis, dois com um Peugeot 206 WRC e dois com um Mitsubishi Carisma GT. O passo seguinte da sua carreira é a equipa Skoda, aonde Gardemeister passa três anos (2002 a 2004). Em 2005 corre pela Ford aonde alcança alguns pódios: é 2º no Monte Carlo, Acrópole, e Córsega e é 3º na Suécia. De resto é o seu melhor ano na carreira e termina o campeonato na 4ª posição com 58 pontos. No ano de 2006, mais uma vez, apenas participa em 4 ralis, contudo ainda consegue um pódio (3º lugar no Monte Carlo) com o Peugeot 307 WRC, enquanto as outras três provas são ao volante do Citroen Xsara WRC. Em 2007 corre 5 ralis com o Mistubishi Lancer WRC e um com o Citroen Xsara WRC. Para 2008, Toni Gardemeister regressa a uma equipa oficial, neste caso a Suzuki que se inicia no WRC e lhe coloca nas mãos o Suzuki SX4 WRC. Os resultados não são famosos e a melhor posição que consegue é um 6º lugar no Rali do Japão. No final do ano a aventura da Suzuki termina e Toni Gardemeister sem volante para o WRC participa em algumas provas do IRC em 2009 e 2010 com o Fiat Grande Punto Abarth, Opel Corsa S2000 e Ford Fiesta S2000.

3 comentários:

CaboReyes disse...

Hermoso el Mitsubishi, primera vez que lo veo con esa decoración! (no llego esa colección por aquí)

Te felicito por tenerlo!

Cado disse...

Sou apaixonado por este blog, me inspirei nele para criar o meu, sou seu admirador com certeza. Toadas as miniaturas que você posta aqui são de extrema qualidade. Parabéns e não deixe de visitar http://chemacchina.blogspot.com/

Valeu amigo.

José António disse...

Obrigado pelos vossos comentários, CaboReyes e Cado.

Cado agradeço também as suas simpaticas palavras dirigidas ao meu humilde blog.

Grande abraço.
José