04 outubro 2009

Ferrari GTO (1984)

Esta miniatura pertence à colecção Ferrari – O Mito.
A colecção é composta por 20 miniaturas Ferrari, saiu aos sábados com os jornais Diário de Notícias e O Jogo. O texto que vou publicar foi retirado do fascículo nº 20 que acompanha a miniatura:

Modelo Ferrari GTO – Ano 1984
Os Ferrari, já se sabe, foram sempre velocíssimos, mas é ao próprio Comendador que se deve a genial intuição de iniciar a construção de um Vermelho de prestações extremas, potente até ao limite da imaginação. Assim, no Salão de Genebra, em Março de 84, é lançado o 288 GTO: construção limitada a 200 exemplares (posteriormente 272 para fazer face aos pedidos), motor 8 cilindros em V biturbo, com 4 válvulas por cilindro e 400 CV, uma velocidade máxima de 305 Km/h e acelerações recorde graças à relação peso/potência de apenas 2,9 Kg/Cv. Nenhuma outra casa no mundo havia jamais tido esta ousadia com um carro de estrada e o sucesso de mercado torna-se de imediato alucinante. Na realidade, o GTO derivava do 308 GTB, ainda que profundamente alterado por Pininfarina, com tantas citações históricas ao célebre modelo do qual recebia o nome (uma por todas, as três entradas de ar verticais por trás das rodas traseiras). Além das clássicas vias alargadas, o GTO ostentava um gigantesco spoiler traseiro, jantes em liga especial e aqueles estranhos espelhos retrovisores exteriores salientes que criaram rapidamente uma tendência.
O Projecto Estilístico
O capot do motor escondia um verdadeiro monstro de potência, um 8 cilindros em V biturbo com 4 válvulas por cilindro e 400 CV. Era capaz de levar o carro a atingir uma velocidade máxima superior a 305 Km/h e de oferecer acelerações incríveis graças à relação peso/potência de apenas 2,9 Kg/CV.
O 288 GTO dava um sentido ao seu nome com diversas citações históricas: do spoiler traseiro à traseira estilo “pato” com três pequenas saídas de ar verticais por trás das rodas traseiras.
Embora não pareçam à primeira vista. Os guarda-lamas do 288 GTO eram bastante largos: era necessário espaço para os gigantescos pneus e as jantes especiais.
O espelho retrovisor exterior era saliente, para ficar alinhado com o interior.
In fascículo nº 20.

Como para mim o GTO é o mais espectacular Ferrari, decidi publicar, em formato digital, a reportagem (Ensaio Competição) que vinha na revista Turbo nº 48 (pág. 36 a 45, Setembro de 1985) sobre este modelo da casa de Maranello:

FERRARI GTO
Texto: Pierre Dieudonné
Depois de ter abrandado o suficiente, olhei para o cronómetro manipulado pelo meu passageiro. Indicava 11 segundos e 7 décimos: o GTO acabava de percorrer 1 quilómetro a 307,69 km/h de média… Para ficar de consciência tranquila, controlo uma vez mais a exactidão do cronómetro: é perfeita. Agora não restam dúvidas. Como nós já tínhamos tido oportunidade de verificar com todos os outros modelos da sua gama actual, a Ferrari não adultera as performances do 288 GTO, para o qual anuncia uma velocidade máxima de 305 km/h.

5 comentários:

Fleetmaster disse...

Carro FAntástico. FOi o primeiro de uma linhagem que trouxe a F40, F50 e finalmente Enzo. Muito legal esta miniatura. PArabens !

lorenzo721 disse...

A fantastic car, that really made me dream back then - much more than the Testarossa from the following year, which I've never been fond of.

JB disse...

Muito boa miniatura

JB

PGAV disse...

Olá José!

Amigo, ainda não publiquei todas as minhas novidades é certo! Mas devo dizer-te que muito em breve irei concluir ou praticamente concluir um novo projecto meu que requer muito tempo. Estou a criar um website (grátis) acerca da minha colecção! Mesmo site, não blog. Isto porque para aquilo que quero o blog está a tornar-se limitado não em espeço mas sim em ferramentas.

Em breve dou-te o endereço definitivo. Já criei um logotipo, links para a tua colecção e todas as outras que tneho no meu blog! Mas ainda há muito por fazer. No entanto vou dando noticias.

Quanto a esse 288 GTO, apesar de ser dificil de acreditar, é esse o Ferrari dos meus sonhos! Considero-o um dos mais belos e sensuais modelos da marca construidos até hoje! Simplesmente brutal!

Grande Abraço

Pedro

Gaucho Man disse...

amo este modelo,
la ferrari más hermosa de los últimos 30 años.
tengo este mismo modelo, también de la enciclopedia,
es una magnífica miniatura.
felicitaciones argentinas para ti