05 julho 2011

Hotchkiss 686 GS - J. Trévoux - M. Lesurque (Rali de Monte Carlo de 1949)

 Esta miniatura pertence à colecção Rallye Monte-Carlo – Os Carros Míticos (Fasc. nº 65).
Muito antes das actuais marcas que dominam ou dominaram nos últimos 30 anos o rali de Monte Carlo, a Hotchkiss obteve grandes sucessos neste mítico rali: entre 1932 e 1939 venceu 4 ralis do Monte Carlo e depois venceu mais duas vezes em 1949 e 1950.
A Hotchkiss foi fundada em 1867 pelo engenheiro americano Benjamin Hotchkiss com o objectivo de fabricar armamento. A fábrica estava situada nos arredores de Paris e fabricava explosivos e canhões para o exército francês. Mesmo depois da morte do seu fundador em 1885 a Hotchkiss continuou em franco desenvolvimento, até que em 1903 decidiu lançar-se no fabrico de automóveis, camiões e veículos militares e, mais especialmente, de blindados ligeiros. In fascículo nº 65 da colecção Rallye Monte-Carlo – Os Carros Míticos.
Com a aquisição de uma empresa de estampagem de aço, a Hotchkiss começou a produzir as suas próprias carroçarias, e assim começou a produzir automóveis de grande qualidade a preços médios ou elevados. A posição no mercado não era concorrer com os carros de luxo nem com os mais populares e acessíveis; o nicho de mercado que interessava era o intermédio. 
O Hotchkiss 686 GS (Grand Sport) surge sensivelmente em 1936, numa altura em que modelos anteriores da marca já tinham vencido o Monte Carlo por três vezes. O Hotchkiss 686 GS dispunha de um motor de 3485 cc de dois carburadores que debitava cerca de 130 cv às 4500 rpm. A tracção era traseira e atingia os 160 km/h como velocidade de ponta. Antes do inicio da Segunda Guerra Mundial, em 1939, a Hotchkiss obteve a sua quarta vitoria no Monte Carlo. Durante a guerra a produção deste modelo ficou suspensa e a fábrica foi utilizada na produção e reparação de veículos militares. Entretanto a Peugeot passou a controlar a Hotchkiss a partir de 1942 e a produção do 686 GS só é retomada em 1946, depois de terminada a guerra.
Algumas alterações foram introduzidas como uma suspensão dianteira independente por molas e braços sobrepostos, um sistema de travões hidráulicos e uma caixa electromagnética Cotal de 4 velocidades. No resto, a sua carroçaria manteve-se idêntica à da antes da guerra.
A miniatura apresentada é o Hotchkiss 686 GS de Jean Trévoux (francês) na vitória do Rali de Monte Carlo de 1949, naquela que foi a primeira edição da prova após a Segunda Guerra Mundial. No ano seguinte a vitória foi novamente para um Hotchkiss 686 GS mas guiado por Marcel Becquart (francês). Esta seria a terceira vitória consecutiva do Hotchkiss 686 GS e a sexta e última vitória da marca. Jean Trévoux venceu por 4 vezes o Rali de Monte Carlo: em 1934 como co-piloto, depois como piloto venceu em 1939, 1949 e 1951 (esta última vitória foi ao volante de um Delahaye, as anteriores foram sempre num Hotchkiss). Resumindo, a Hotchkiss fundiu-se em 1954 com a Delahaye e a produção de automóveis terminou em 1955. Contudo ainda se produziu um jipe militar e alguns veículos industriais até ao início da década de sessenta.
Fonte: fascículo nº 65 da colecção Rallye Monte-Carlo – Os Carros Míticos.

Nota: como a época invoca as fotos a preto e branco o post está desse modo documentado com fotos a preto e branco mas aqui ficam também as fotos a cores da miniatura.
 

7 comentários:

maninho1967@hotmail.com disse...

Caro José Antonio, é sempre bom retornar aqui para visualizar estas suas maravilhosas miniaturas. Grande abraço!

Fleetmaster disse...

Curti o carro.
As fotos em preto e branco derem um toque especial no post !!

Abraços

José António disse...

Maninho, obrigado pelas suas palavras. Grande abraço!

Fleetmaster, obrigado pela sua visita e comentário!
A época do carro pedia umas fotos a preto e branco, aliás, já tinha feito um post deste modo...
Grande abraço!

PGAV disse...

Olá caro amigo!

Bem tenho de concordar, as fotos a preto e branco de facto rlembram o tempo da própria miniatura!

Mas tanto o azul como o preto, lindos!

Abraço

Marcelo Rezende disse...

Que bela miniatura!
Não sei se tu curtes também miniaturas de aviões, helicópteros e navios, mas veja que interessante as miniaturas feitas com papel alumínio que o Sérgio Marcelo (um camarada que conheci a pouco tempo) faz. O resultado é impressionante.

http://snelheidwereld.blogspot.com/2011/07/miniaturas-feitas-com-papel-aluminio.html

Grande abraço cá de terras brasileiras!

Marcelo Rezende

TUNNING66 disse...

Esta muy lindo este Hotchkiss de Montecarlo. Esta colección esta saliendo en Argentina, pero lamentablemente no vamos a contar con este modelo en la lista de entregas, ya que solo van a salir 30 números.
Saludos desde Argentina !

Juanh disse...

Hermoso José este Hotchkiss color azul; me gusta mucho más que el negro de 1950.
Abrazos!